Olé Centenário: Paulinho vira carrasco, Brasil goleia Uruguai e pode garantir vaga na terça

Teve direito a carrasco. Teve mais um show de Neymar. Teve dois golaços. Teve outra boa atuação do Brasil. Teve mais uma vitória. Com a goleada de 4 a 1 sobre o Uruguai na noite desta quinta-feira, no Estádio Centenário, a Seleção seguiu imbatível sob o comando de Tite nas eliminatórias. A sétima vitória seguida, com três gols de Paulinho, um de Neymar e ”Olé” em Montevidéu, deixou a equipe com um pé na Copa do Mundo da Rússia em 2018. Uma vitória sobre o Paraguai na próxima terça, em São Paulo, pode selar a classificação. A Seleção precisa vencer e torcer por tropeços de Equador e Chile.

90 MINUTOS

Foi a primeira vez que o Brasil saiu atrás sob o comando de Tite. No primeiro jogo fora de casa contra um grande adversário, a Seleção mostrou ter poder de reação. Bem postada, aproveitando os espaços dados pelo adversário (por vezes com os dez jogadores no campo de ataque na primeira etapa) e com Neymar inspirado, a equipe não deu chances ao Uruguai. O erro de Marcelo e o gol de Cavani serviram apenas para dar mais emoção ao jogo. O empate não demorou a sair. A Celeste até tentou fazer pressão na saída de bola algumas vezes, mas não deu certo. Mais do que controlar o jogo, o Brasil dominou os 90 minutos. Teve tranquilidade para virar no segundo tempo e golear um rival que havia vencido todos os seus jogos em casa nas eliminatórias. Detalhe: tinha sofrido apenas um gol no Centenário até esta quinta.

CLASSIFICAÇÃO E CALENDÁRIO

Com a vitória, o Brasil segue na liderança isolada das eliminatórias com 30 pontos. Já o Uruguai se manteve no segundo lugar, com 23 pontos. A Seleção volta a campo na próxima terça-feira para enfrentar o Paraguai, às 21h45 (de Brasília), na Arena Corinthians, em São Paulo. No mesmo dia, a Celeste encara o Peru, às 23h15, no Estádio Nacional de Lima.

CARRASCO URUGUAIO

Paulinho mostrou ter estrela contra o Uruguai. Foi apenas o seu segundo jogo contra a Celeste. No primeiro, fez o gol da vitória por 2 a 1 e garantiu a classificação para a final da Copa das Confederações em 2013. Nesta quinta, mais três gols e nova vitória. Sob o comando de Tite, ele já tinha marcado contra a Argentina.

QUIÉN PARA NEYMAR?

O camisa 10 brincou de jogar futebol no Centenário. Foram pelo menos três grandes jogadas aliando arrancada em velocidade e belos dribles. Sem falar no lindo gol de cobertura, o primeiro de sua carreira contra o Uruguai. Quinto gol dele em seis gols sob o comando de Tite.

 

 

 

 

RECORDE DE TITE

A Seleção quebrou um recorde nesta quinta em Montevidéu. Foi a primeira vez que o Brasil alcançou sete vitórias seguidas em uma mesma edição das eliminatórias. A melhor sequência até entao era de 1969, com seis triundos em sequência.